4 dicas de reposicionamento de marca para aumentar seu faturamento

Posicionar uma marca é uma tarefa especialmente importante quando se busca o seu sucesso. É esse posicionamento que define com quem a empresa fala, como ela fala e quais resultados espera alcançar a partir dessa comunicação.

No entanto, como o posicionamento está diretamente ligado à percepção dos clientes, é necessário ter em mente que ele precisa ser atualizado de maneira adequada.

Com um processo de reposicionamento de marca, não é só a mensagem que muda, mas também é possível aumentar o faturamento por meio dessa ação.

Para compreender como isso deve ser feito, veja 4 dicas de reposicionamento para colocar em prática.

O que é o reposicionamento de marca?

É um processo que visa a mudar a forma como a marca se estabelece perante os seus consumidores. Isso pode acontecer quando a sua percepção se torna negativa, a ponto de prejudicar os negócios ou o quando cliente muda naturalmente sua postura de compra.

Uma companhia que é vista como barata e com produtos de baixa qualidade pode reposicionar o seu nome para que a sua percepção passe a ser de uma empresa que possui produtos bons, porém acessíveis.

Esse é um processo que precisa ser bem estruturado, especialmente se feito quando a marca já possui uma boa imagem empresarial, mas quer melhorar ainda mais os seus resultados.

Qual é a importância do reposicionamento de marca?

Ao realizar esse processo, a marca consegue mexer com a percepção dos clientes. Se este reposicionamento for muito bem-feito, eventualmente a empresa vai conquistar completamente os seus objetivos, se posicionando da maneira adequada no mercado.

Esta é também uma forma de renovação da marca, inclusive da sua comunicação. Com isso, dá para se adaptar melhor às novas necessidades e expectativas por parte do consumidor.

Eventualmente, esse processo é capaz de atrair mais clientes, aumentar as vendas e melhorar o relacionamento que o público têm em geral com a marca.

Além disso, é uma forma de dar um novo fôlego para ela, que consegue ficar mais dinâmica e adaptada às mudanças tão intensas que acontecem em relação ao consumo.

Como fazer o reposicionamento de marca?

Como já foi dito, esse processo precisa ser muito bem estruturado. Se ele não for planejado da maneira certa, pode criar uma confusão com a percepção dos clientes já existentes e não alcançar os resultados com o público de maneira geral.

Assim, para acertar no processo, confira 4 dicas que podem ajudar:

1. Entenda qual é o posicionamento atual

Não tem como uma empresa fazer um reposicionamento sem entender, em primeiro lugar, qual é o espaço do mercado que ela ocupa no momento presente. Por isso, é importante fazer uma análise de sua posição atual.

Confira que tipo de mensagem a marca passa, qual é a abordagem realizada e se isso tem a ver ou não com a proposta do seu negócio.

Mesmo que seja transformado, o posicionamento de hoje permite que a marca utilize os pontos que deram muito certo e trabalhe aqueles que precisam de atualização.

2. Faça pesquisas de mercado

Para compreender melhor onde a marca está e, principalmente, para saber para onde ela deve ir, é fundamental fazer pesquisas de mercado. Afinal, ninguém melhor do que o seu cliente para dizer exatamente qual é o tipo de percepção atual e qual é a esperada futuramente.

As pesquisas de mercado devem se dividir entre saber como a marca é vista e entender pelo que o cliente se interessa atualmente. Assim, será possível fazer uma atualização de acordo com os interesses do público.

3. Use as ferramentas adequadas

Para fazer o reposicionamento, é possível mudar processos internos, como o atendimento ou a produção, de modo que se encaixem na nova identidade da marca. Esse procedimento deve ser feito de maneira completa para que os clientes sintam, efetivamente, uma mudança.

Além disso, também é preciso pensar na comunicação visual. As transformações devem estar presentes no que os clientes podem ver, de forma marcante. Para isso, utiliza-se o design inovador.

Como são os elementos mais importantes para a proteção do produto, as embalagens precisam ser atualizadas para carregar uma nova imagem. Alterar e modernizar o seu visual, assim como o do logotipo, são mudanças fundamentais para o reposicionamento de marca.

Dessa forma, é possível conseguir novas vendas e aumentar o faturamento da empresa. 

4. Comunique as mudanças

Uma vez que o processo esteja estruturado e em funcionamento, é importante comunicar as mudanças de maneira ampla ao público, de modo a gerar o máximo de interesse e atenção possíveis. Sendo assim, é relevante realizar novas campanhas de marketing.

Inclusive, vale a pena pensar em criar experiências próprias para os clientes, como parte do marketing sensorial. Assim, dá para fortalecer ainda mais o novo posicionamento do negócio.

Quais empresas tiveram sucesso no reposicionamento?

Como o mercado muda muito intensamente, é bastante comum que as empresas grandes do mercado passem por recolocações constantes.

A Ypê, por exemplo, começou a realizar um reposicionamento em 2015. Além de mudar o atendimento ao cliente, também passou a adotar o slogan “Vale Mais Cuidar”.

Diante da busca dos clientes que valorizam o meio ambiente, a empresa passou a transmitir uma mensagem focada exatamente na sustentabilidade.

Ao comemorar 25 anos, a rede de fast food Habib’s também passou por mudanças. A empresa atualizou seu logotipo e o deixou mais minimalista, além de criar uma loja conceito, com o objetivo de fazer seus clientes se sentirem mais confortáveis e ambientados ao espaço de compra.

De quebra, esse novo posicionamento teve como objetivo destacar a grande variedade de produtos da marca, além de seu excelente custo-benefício.

Outro exemplo é a marca O Boticário, uma das principais representantes de beleza do país. Em 2011, ela abandonou o logotipo verde e passou a adotar outro com tons mais femininos, trazendo a ideia de sofisticação com preço adequado para a vida das consumidoras.

Além disso, as embalagens de todos os produtos também foram transformadas para se adequar a essa nova comunicação e agradar o seu público.

Como você pode ver, o reposicionamento de marca deve ser feito através de planejamento, estrutura adequada e o uso de recursos comunicativos, contando com o auxílio de profissionais experientes de publicidade e propaganda.

Tudo isso contribui de forma substancial para a visibilidade da marca, tornando-a inovadora e competitiva. 

Não perca nenhuma boa dica para seu negócio! Curta a nossa página no Facebook e saiba mais sobre este e outros temas para aumentar seu faturamento.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"