7 dicas do mercado de embalagens

Em algum momento você já pensou nos atributos que possuem as embalagens? Elas possuem muitas funções como conter, proteger, facilitar o manuseio e também o translado dos produtos. Para o time de marketing, compras e vendas, o mercado de embalagens vai além, pois melhora a imagem e aumenta o valor agregado do produto.

Seja sacola, papel de presente ou caixa, elas necessitam de um aspecto visual diferenciado para sua marca ter maior atração do cliente. É um componente decisivo para o sucesso comercial de qualquer produto. O consumidor é fortemente influenciado por elas, pois representam um vendedor silencioso.

Veja agora 7 dicas para tornar as suas embalagens inesquecíveis e alavancar as suas vendas.

1. Personalize suas embalagens

Para pessoas comuns, falar em embalagens personalizadas pode ser algo óbvio, que não merece tanta atenção, mas para profissionais da área pode ser uma grande oportunidade de criar uma estratégia de negócios.

O mercado de embalagens possui algumas particularidades e deve ser trabalhado no sentido de aproximar o cliente do universo da loja, fazendo com que a sua embalagem tenha a cara da empresa que representa.

Explore bem seu logotipo e foque nas cores que você usa em sua empresa. Mais do que proteger o produto, a embalagem deve ter a capacidade de atrair o consumidor, despertando o desejo de consumir.

A embalagem bem personalizada deve andar junto com a identidade visual do produto, destacando as suas características.

Datas comemorativas e eventos sazonais são grandes oportunidades para personalização das embalagens, fazendo com que o cliente tenha uma boa impressão do seu negócio.

Investir na personalização das embalagens não é um gasto, mas um investimento, alavancado vendas e aumentando a visibilidade das empresas.

2. Mantenha a embalagem pequena e leve

É essencial que a embalagem seja leve e tenha dimensões reduzidas, com design criativo e atrativo, sem exageros, passando segurança aos clientes.

A embalagem também deve ser flexível e proporcionar praticidade, sendo fácil de abrir e de fechar e “vestir bem o produto”, ou seja, adequando-se às suas dimensões.

Outra característica para a escolha de embalagens pequenas e leves está relacionada à redução dos impactos ambientais. Quanto maior o volume das embalagens, maiores os custos agregados, tanto na fabricação quanto no tratamento dos resíduos.

Um ponto a ser levado em conta também são os custos operacionais. Embalagens leves e pequenas precisam de menos espaço para armazenamento e são mais baratas.

A empresa economizará recursos, que poderão ser aplicados em melhorias que possibilitem tornar a experiência de compra cada vez melhor.

3. Lembre-se de agregar a nota fiscal

Muitos não sabem, mas a emissão de nota fiscal na compra de um produto ou serviço é obrigatória, tanto nas transações presenciais como nas feitas on-line. É um item essencial nas transações realizadas.

Para aqueles que trabalham com e-commerce, agregar a nota fiscal na embalagem é essencial para dar credibilidade ao empreendimento. O cuidado deve ser redobrado, haja vista que a entrega é postal e a falta de uma nota pode trazer graves problemas no pós-venda.

4. Imprima etiquetas com informações

As informações são essenciais, especialmente se você trabalha com vendas não presenciais, seja por e-commerce ou televendas.

É preciso que a embalagem identifique o cliente, traga o endereço, número do pedido e informações que facilitem o contato do consumidor como telefone, e-mail ou outro canal de relacionamento.

Nada de escrever o nome do destinatário com caneta de forma relaxada. O ideal é a impressão de adesivo ou etiquetas, onde as informações do cliente serão digitadas previamente. Isso agrega valor ao produto e oferece maior confiança ao cliente na hora de procurar novamente pela sua loja.

Se você possui um contrato com os correios, terá acesso ao endereçador, um sistema que permite a impressão de etiquetas já com o logotipo de sua loja.

Caso suas vendas se concentrem apenas em loja física, capriche no logotipo e insira as redes sociais, filiais e todos os canais de comunicação de sua loja.

5. Conheça bem a gama de produtos que oferecerá

É importante ter domínio das características de seu produto para que as embalagens atendam às propriedades físicas como peso, dimensões e sua resistência.

Esse entendimento facilitará a logística e o processo de compras. Se o mix de produtos for grande e as características distintas, diversos tipos de embalagens devem ser confeccionadas.

6. Capriche nas dobras e no arremate final se você trabalha com vestuário

Na área de vestuário, o mercado de embalagens está intimamente ligado à fixação da dobra do produto, permitindo um bom acabamento. Isso só é permitido por meio de papéis especiais como a seda, por exemplo.

A atenção na dobra evita que o produto amasse, o que é muito importante. O arremate final feito de forma correta e cuidadosa faz com que o cliente fique com uma boa impressão ao abrir sua encomenda.

Neste segmento, não adianta um produto com bela embalagem e com péssima dobra, pois o produto chegará amassado e mal apresentado, gerando uma imagem negativa do produto e da empresa.

7. Invista em embalagens ecológicas

O consumidor está cada vez mais preocupado e envolvido com questões ambientais, o que tem motivado muitas pessoas a priorizar e até recomendar empresas que apresentam ações voltadas para a sustentabilidade.

Entre os produtos que são usados para esse fim estão o papel kraft, algodão cru, tecido de PET e TNT. Com relação ao papel kraft, que é muito utilizado em sacolas retornáveis, é necessário lembrar que se deve adquirir o produto de empresas que realizam reflorestamento.

As ecobags são criadas com a função específica de substituir as sacolas plásticas de supermercados, que são de difícil degradação. Produzidas por lona ou outros materiais como garrafa PET, representam grandes veículos de marketing sustentável, atendendo a um público ávido pelas práticas ecologicamente corretas.

É importante perceber que o mercado de embalagens é uma área que agrega ao produto visibilidade e que faz com que a sua utilidade esteja além da proteção. Pode ainda servir como um excelente canal de marketing, gerando aproximação com o consumidor e aumentando o engajamento e as vendas.

Gostou das dicas sobre o mercado de embalagens? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades em primeira mão!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"