Como escolher a embalagem certa para atrair seu público?

Existem diversas formas de escolher uma embalagem de maneira a despertar o interesse do consumidor. Isso expressará a posição da marca e pode ser usado como um recurso de publicidade no estabelecimento de venda, o que acarretará em uma transmissão de sentimentos que façam os clientes terem vontade de comprar.

Assim, a escolha da embalagem certa de um produto deve ter a mesma atenção dedicada ao produto propriamente dito, pois é uma das maneiras mais eficazes de conquistar clientes e destacar a empresa positivamente. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

A embalagem é a primeira ferramenta de marketing para encantar os clientes

Os clientes são cuidadosos na escolha dos produtos e, com o fácil acesso à informação, o desejo de saber mais sobre o que consomem aumentou significativamente nos últimos anos.

Os valores da empresa, especialmente sobre a sustentabilidade, têm definido as escolhas, e isso deve estar claro quando o cliente visualiza um produto na prateleira. Os supermercados, por exemplo, têm uma enorme variedade de produtos expostos; por isso, as embalagens precisam ser bem-feitas para encantar o cliente rapidamente e influenciar no seu poder de escolha.

A embalagem perfeita é mais do que apenas um acondicionamento

Além de encantar o cliente e destacar a marca, a embalagem correta proporcionará a segurança do produto e zelará pela sua qualidade, conservação e durabilidade durante o transporte e o tempo em que ele ficará na prateleira.

Dessa forma, se a empresa quer que seus produtos se destaquem diante dos clientes, deve atentar aos seguintes cuidados na escolha da embalagem ideal:

1. Determine a estrutura da embalagem

Antes de desenvolver uma embalagem, devemos decidir sobre a estrutura. Que tipo de caixa é melhor para o seu produto? Para fazer essa determinação, fazemos muitas perguntas. Aqui estão alguns pontos a serem considerados ao pensar sobre a melhor estrutura:

  • o que será armazenado na embalagem? Quanto isso pesa? Quais são as dimensões do produto? Quantas peças estarão dentro da embalagem? Elas precisam de proteção?;
  • existem especificações de qualidade ou desempenho? Resistência à água, barreira de graxa, uso externo, segurança infantil, etc;
  • é necessário um espaço para visualização do seu produto?;
  • qual é o seu orçamento?;
  • qual é a função da embalagem? É um pacote de presente? A embalagem pode ser repassada após a compra?;
  • como será enviado?;
  • quais são os requisitos da prateleira de varejo onde seu produto será colocado? As caixas precisam ser empilhadas?

O próximo passo é decidir qual tipo de caixa é ideal para seu produto e sua marca:

Caixas dobráveis

Os cartões de dobramento são caixas geralmente feitas de cartão SBS ou Kraft. A arte é impressa diretamente no próprio substrato de cartão dobrável. Os cartões de dobramento geralmente são produzidos para fácil transporte e armazenamento. 

Uma vez que eles estão prontos para serem preenchidos, os cartões planos pré-colados podem ser colocados em forma pelo usuário final. Existem muitos tipos de cartões dobráveis. 

Os benefícios encontrados nesse tipo de embalagem são a rapidez e facilidade de produção e armazenamento, possibilidades infinitas de tamanhos, formas e estilos de caixa.

Caixas rígidas

As caixas de montagem rígidas são feitas de aglomerados mais pesados e mais espessos. Depois que o quadro é cortado, ele é formado e recoberto com um material mais fino que mostra uma arte ou gráficos. As caixas rígidas são enviadas totalmente formadas.

Os benefícios encontrados nesse tipo de embalagem são o maior valor do produto percebido pelo cliente, embalagem forte, durável e melhor proteção do produto, além de não haver necessidade de montagem.

2. Busque um design autêntico

Com a imensa quantidade de produtos competindo pela atenção dos consumidores, a escolha da embalagem deve ser autêntica, sem ser genérica ou parecida com os concorrentes. O projeto de marketing começa com a escolha de embalagens personalizadas e originais, que reforcem a identidade da empresa e sua linha de produtos.

Para elaborar o design de uma linha de produtos, é importante projetar as embalagens sempre com o olhar voltado para o futuro, investindo na criação de projetos sistemáticos, que permitam simples mudanças de informações para toda a linha de produtos.

3. Ofereça praticidade no manuseio do produto

O consumidor terá muito mais interesse em adquirir um produto que seja prático e funcional. A escolha da embalagem deve levar em consideração soluções inovadoras, que facilitem o uso. Por consequência, embalagens que possam suportar altas e baixas temperaturas são mais atrativas para o consumidor.

A funcionalidade da embalagem deve ser garantida de forma a proporcionar o manuseio do produto facilmente e com segurança. Por exemplo, se o cliente precisa de outro objeto para abrir a embalagem ou tem problemas no armazenamento, a chance de comprar o produto novamente diminui se ele encontrar uma opção de embalagem que resolva essa dificuldade.

Outro detalhe importante é referente ao tamanho e capacidade das embalagens. Com o aumento de pessoas que moram sozinhas ou em famílias menores, esse detalhe é mais relevante, pois evita o desperdício de espaço.

4. Demonstre a qualidade do produto

A aparência da embalagem é fundamental, e isso se torna destaque para o consumidor em meio à enorme variedade de produtos concorrentes. A qualidade do produto deve ser comunicada já na embalagem, de acordo com seu propósito e público-alvo.

Não adianta o produto ser o melhor em termos de matéria-prima e modo de processamento/armazenamento se não demonstrar o mesmo cuidado com a embalagem. Ela deve ser o espelho do produto, e o cliente, ao visualizar a embalagem, já deve ser convencido de imediato da sua qualidade.

É importante colocar-se no lugar do consumidor para saber quais são seus desejos e expectativas, para alinhar o padrão estético ao seu anseio. Enquanto alguns consumidores buscam glamour e sofisticação, outros estão interessados em linhas mais sustentáveis e naturais. Assim, a definição do público-alvo nesse momento é primordial.

5. Escolha embalagens com durabilidade

O produto passa por diversos locais antes de chegar até as prateleiras do supermercado. Pensando nisso, o cuidado na escolha correta para a conservação é essencial para não colocar em risco a saúde do consumidor e também não gerar prejuízos à empresa caso o produto estrague no caminho.

As embalagens devem evitar a ação de agentes externos que possam deteriorar o produto, como micro-organismos, umidade e incidência de luz. Dessa forma, a vida útil do produto será prolongada pelo tipo de embalagem escolhido, que deve ser resistente durante o armazenamento, distribuição e consumo.

Certifique-se de que sua embalagem resultará no envio do produto para o cliente em excelentes condições. Em longo prazo, será mais caro substituir o produto do que investir agora em embalagens adequadas.

Gostou das informações do post? Quer saber mais sobre como escolher embalagem para os seus produtos? Confira também como ter sucesso na empresa por meio do uso da embalagem ideal!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"